Clara Lima lança 3ª faixa do EP Som Que Vem da Alma: ouça Trânsito da Cidade

Crédito/Beatriz Galvão Projeto chega ao final no próximo 1° de abril, com o single Vai Brilhar Brasília, março de 2022 - A rapper Clara Lima lança, nesta sexta-feira (25/3), a faixa Trânsito da Cidade (ouça), canção que é o penúltimo lançamento do EP Som Que Vem Da Alma. O projeto promove um intercâmbio de estilos musicais, como o rap e a MPB contemporânea, por meio de cinco faixas, que estão sendo disponibilizadas semanalmente. Em Trânsito da Cidade, a artista expressa o momento de sua nova fase, através de reflexões pessoais repletas de positividade. Além disso, o projeto conta com a produção musical de TeoGuedx que, por meio de atmosfera acústica, leva a rapper ao universo pop, sem perder as características marcantes do hip hop. "É

Sem perder a essência do hip hop, Clara Lima se joga na MPB no EP “Som Que Vem da Alma”

Crédito/Beatriz Galvão Projeto, que conta com cinco faixas, será disponibilizado semanalmente, a partir de hoje Brasília, março de 2022 - A rapper Clara Lima lançou na ultima sexta-feira (11/3), as faixas Intro e "Querendo Vida", canções que abrem o EP Som Que Vem da Alma (SQVDA). Primeiro projeto musical da rapper em 2022, SQVDA promove um intercâmbio de estilos musicais, como o rap e a MPB contemporânea, por meio de cinco faixas, que serão disponibilizadas semanalmente. Em Som Que Vem da Alma, a artista expressa  o momento de sua nova fase, através de reflexões pessoais repletas de positividade. Além disso, o projeto conta com a produção musical de TeoGuedx que, por meio de atmosfera acústica, leva a rapper ao universo pop, sem perder

Revelação do trap, Onã lança o single ‘Oriki’ e o EP ‘AFROMANOTROPICAL’

O artista, que antes se apresentava como ‘Lage’, busca reinvenção na indústria musical São Paulo, novembro de 2021 - Após desbravar o rap sob o nome ‘Lage’, o rapper Onã - nome que remete a abertura de caminhos -, está se reinventando na indústria musical. A nova revelação do trap nacional vem com dois grandes lançamentos neste mês de novembro. Após o lançamento do single 440Km/h feat Slim Ramografia, na última sexta-feira (12), um dia antes do Dia da Consciência Negra ele põe na pista o single e videoclipe da faixa ‘Oriki’ e apresenta o EP completo de ‘AFROMANOTROPICAL’. A produção musical ficou por conta de Dachvva, e a mixagem com Pasz, do selo A BRABA Records. Composto por seis faixas, o

Com inspiração no Miami bass, FBC e VHOOR lançam novo projeto “BAILE”

O álbum chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (12) Chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (12), "BAILE", novo álbum de FBC e VHOOR. O projeto retrata a década de 90, quando os raps e melôs evidenciavam o cotidiano dos moradores dos subúrbios, abordando temas como a violência e a criminalização de seus jovens. Nesse momento, o hip hop produzido inicialmente nos Estados Unidos é nacionalizado, ressignificado e disseminado como o funk carioca. "BAILE" se desenvolve com o relato da história do personagem Pagode: pai de família, morador da favela, trabalhador, que frequenta o baile da UFFÉ. A história começa quando, na saída do baile, Pagode é surpreendido pela polícia, que o prende acreditando que uma arma encontrada por perto pertence a ele

FBC e VHOOR se unem para o lançamento de “Delírios”, novo single do projeto “Baile”

A faixa chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (29) **Crédito da imagem no topo: (FBC e VHOOR | Foto: Wanderlei Vieira) Chega às plataformas digitais nesta quinta-feira (28), "Delírios", novo single de FBC e VHOOR. A faixa faz parte do álbum "Baile", que retrata a década de 90, quando os raps e melôs evidenciavam o cotidiano dos moradores dos subúrbios, abordando temas como a violência e a criminalização de seus jovens. Nesse momento, o hip hop produzido inicialmente nos Estados Unidos é nacionalizado, ressignificado e disseminado como o funk carioca. "'Delírios' é uma das músicas que eu mais gosto do disco, porque ela tem elementos do freestyle e do funk melody que são bem característicos. A questão do swing dos trompetes digitais e

Ouça a obra “História da Minha Área’, novo álbum de Djonga

Desde 2017 Djonga transformou o dia 13 de março em uma data especial. Nesta data somos agraciados com uma nova obra desse grande artista belo-horizontino. Em 2017, ele lançou o disco Heresia, seguido de O Menino Que Queria Ser Deus. Na mesma data em 2018, também no décimo terceiro dia do terceiro mês em 2019, foi a vez de Ladrão. Em 2020, a grande obra de Djonga é o belíssimo álbum História da Minha Área. Como já indicava a capa, divulgada dias antes, o álbum vem carregado de fortes mensagens de caráter político e social. Djonga solta seus versos com muito lirismo e afeto. São versos fortes que sensibilizam o ouvinte do inicio ao fim da obra.  História da Minha Área é mais uma