Diomedes Chinaski e Teagacê se unem em ‘YOUNG LUCKY LUCIANO’

Nesta sexta-feira (12) Diomedes Chinaski e Teagacê, dois expoentes do rap no nordeste, disponibilizaram o single colaborativo ‘YOUNG LUCKY LUCIANO’; indo de encontro com as tendências do mercado fonográfico e estéticas comerciais. Com uma sonoridade de muito bom gosto e forte alinhamento ao Hip Hop, com a presença de um lindo sample, os artistas trouxeram uma rimas pesadíssimas e viscerais que contam sobre toda a correria de vida e em busca de um lugar ao sol na injusta cena do rap, assim como diversas linhas de braggadócio a qual exaltam sua arte e de seus alinhados, além de claro, ataques à concorrência. Com flows pé no chão, focando nos jogos de palavras, e interpretações vívidas, encaixaram como uma luva no instrumental assinado

Licio Gomez e Schnneider lançam em parceira single “Xamati”

Dois artistas das rimas pernambucanas, vem unindo a sonoridade nordestina e a contemporaneidade nessa obra chamada Xamati. Aproveitando a fonética para o chá mate, tão conhecido no território brasileiro, no nome do single, os Rappers/ Trappers navegam entre uma lírica ácida, que alfineta os que preferem viver numa inércia musical e desconhecer o que vem sendo feito de novo no gênero musical e uma pseudo suavidade recorrente na linha melódica da música. Licio Gomez convidou Schnneider para dividir essa faixa em especial, que faz parte de uma Mixtape sem data definida para conclusão e quem vem lançada através do ano de 2020 através de singles, por enxergar uma congruência na maneira de compor e no mote apresentado para enfim, gerar uma

Zum Lima está de volta a cena com o single ‘Sunset’

Após quase 5 anos de hiato, o Recifense Zum Lima, acaba de lançar, um trabalho muito consistente e elaborado, com artistas de diferentes países  A balada romântica, aborda versos sentimentais e singelos, onde todos eles expressam bastante o que sentem.   O instrumental da música ficou por: Deryck Cabrera de São Paulo-SP, que já trabalhou com nomes como: Criolo, Coruja BC1, Muzzike, Terceira Safra, e o também pernambucano Diomedes Chinaski, que no passado já trabalhou com Zum Lima.   As participações especias, ficaram por: 808 Spills, rapper natural de New York(EUA), Pat Jazz, de Cabo Verde(África) e Mota, que já trabalha com Zum Lima desde o ano 2010 https://youtu.be/Ybg_iMqLnGo

Samantha Machado lança o primeiro álbum: ‘Multifacetada em Lapidação Constante’

"Multifacetada em Lapidação Constante" é o primeiro álbum da artista em parceria com a Warner Music Brasil Desde que o cantor James Brown deu a régua e o compasso para a soul music e o funk com "I Got You (I Feel Good)", em 1965, que os artistas brasileiros se aprimoraram a assimilar essa sonoridade, misturá-la com os gêneros locais e criar sua própria versão de música dançante. Tim Maia e Banda Black Rio, nos anos 70, cruzaram o estilo americano com o samba, o baião e o forró. O R&B romântico de artistas como Usher e Boyz II Men temperou o movimento do pagode dos anos 90. Pois a cantora paulistana Samantha Machado é o novo nome da constante evolução da música

“Crocodiloboy” é o novo álbum de Diomedes Chinaski

A produção musical do disco foi assinada pelo produtor e beatmaker Deryck Cabrêra Depois de diversos EPs e mixtapes, o pernambucano Diomedes Chinaski lança seu primeiro álbum, “Crocodiloboy”, que chegou às plataformas digitais nesta terça-feira (7). Com o projeto, o artista reflete sobre dores abstratas, sanidade mental, erros e aprendizados, além de abordar o chamado “Êxodo Nordestino”. Chinaski traz, de forma contemporânea e tendo sua própria experiência como roteiro, a história de um nordestino que precisa sair de sua terra em busca de um sonho, descobrindo que não vai ser fácil. Com o coração aberto e sangrando mais do que nunca, o registro tem seu próprio texto, já escrito pela vida. O título traz uma metáfora com a pele resistente do crocodilo, que é

Diomedes Chinaski lança fime “Lágrimas de Crocodilo” e anuncia novo álbum.

O filósofo alemão Friedrich Nietzsche afirmou que "a arte existe para que a realidade não nos destrua". Ontem (24/03), ao lançar o curta-metragem “Lágrimas de Crocodilo”, o rapper pernambucano Diomedes Chinaski provou que Nietzsche tinha razão e nos resgatou da dura realidade dos tempos de quarentena com sua arte. O filme, que é uma realização da Seabra Produção e vem sob a direção da cineasta Barbara Vida, tem como base seu próximo álbum, intitulado “Crocodilo Boy”, que tem previsão de lançamento para dia 07/04 e contará com as participações de Bibi Caetano, Choice, Iara, Jucy, Sagaz das Atalaias e Terra Preta. "O filme retrata a trajetória do personagem CrocodiloBoY (Diomedes Chinaski), que migra de Pernambuco para São Paulo e para se proteger da