Froid lança álbum “Oxigênio (Corona Disco)” usando a arte como representação do momento atual

O novo projeto conta com participações de Cynthia Luz, Clara Lima, Hot e Oreia, Sampa, Rincon Sapiência e Santzu

Chega nesta sexta-feira (22) às plataformas digitais, “Oxigênio (Corona Disco)”, o novo álbum de Froid. O novo projeto é o 7º disco da carreira do artista, incluindo participações de grandes nomes do rap nacional, como Cynthia Luz, Clara Lima, Hot e Oreia, Sampa, Rincon Sapiência e Santzu. 

“Não é uma piada sobre o coronavírus. Os assuntos não são sobre o vírus, isso é só o nome da fase que estamos vivendo. Eu criei o conteúdo a fim de ocupar, de alguma forma, as pessoas em quarentena, e também usar a arte pra fazer o registro do momento”, declara o cantor.

O rapper participou de diversas batalhas na Praça do Relógio, na UnB e no Museu da República, mas foi em 2017, com “O Pior Disco do Ano”, que seu trabalho ganhou visibilidade nacional. Em suas vivências pelos cantos da cidade, ele reuniu diferentes conceitos baseados em críticas sociais e seus pontos de vista sobre a vida e a existência em si.

A negritude e a ascensão das dificuldades financeiras à estabilidade trazida pelo rap permeiam sobre a poesia de suas composições. Filosófico, autêntico e visionário, Froid é um artista irreverente quando a questão é propor ideias inovadoras e que apontem tanto o lado bom da vida quanto as seus desafios.

“Oxigênio (Corona Disco)” tem produção de DJ LM, Santzu e do próprio Froid, além de mixagem e masterização também por DJ LM. O álbum é o 6º disco do artista feito pela ALASKA, gravadora própria de Froid. Fenômeno também nas redes sociais, o rapper soma mais de 250 milhões de visualizações em seu canal no YouTube e cerca de 2 milhões de ouvintes mensais nas plataformas digitais.

O novo álbum de Froid, “Oxigênio (Corona Disco)”, está disponível nas plataformas digitais via ONErpm e o vídeo de “Best Friend” está disponível no canal do cantor no YouTube.

Ouça “Oxigênio (Corona Disco)”

Sharing is caring!

Deixe uma resposta