Lukinhas e Jotappê misturam pop e funk e lançam clipe de “Tão Bom”

Parceria inédita de artista pop do Inbraza com fenômeno do funk promete embalar as playlists no fim de semana Unindo o melhor do pop urbano e do funk melody do momento, o cantor Lukinhas lança uma parceria com o criador de hits, MC Jotappê, nesta sexta-feira (21). A união inédita intitulada “Tão Bom” promete animar o fim de semana da galera via mais um lançamento do Inbraza, selo pop da Som Livre.   Com uma linguagem voltada para a música urbana, a produção sugere muita dança e beats envolventes, garantindo espaços nas playlists de quem curte funk e pop. O videoclipe foi gravado na comunidade do Jaguaré, em São Paulo, com equipe reduzida e contratação de moradores como parte da equipe de

Festival Sons da Rua reúne BK, Marcelo D2, Karol Conka e Emicida nos dias 30 de junho e 2, 7 e 9 de julho

O projeto trará conversas nos dias 30 de junho e 2, 7 e 9 de julho, entre o embaixador oficial do evento, Thaíde, e os convidados: BK, Marcelo D2, Karol Conka e Emicida  Consagrado como o maior festival de hip hop da América Latina, o Sons da Rua e o TNT Energy Drink abrem passagem para uma programação virtual que reúne grandes nomes do rap nacional com o mestre de cerimônias Thaíde, em lives exclusivas. Após realizar quatro edições e reunir um público estimado de 60 mil pessoas, o evento mantém o espaço de discussões sociais, da liberdade de expressão e do incentivo a esse cenário fértil do hip hop com uma dose a mais de energia nas lives talks #PapodaRuaTNT”, que serão realizadas nos dias 30 de junho e 2,

Orochi, o novo fenômeno do rap

Rapper passou dos 3,2 milhões de ouvintes mensais no Spotify! Um jovem, mas experiente artista, se tornou o nome do rap nacional. Orochi é o apelido de Flávio Cesar Castro, um garoto de 21 anos, que se tornou o rapper brasileiro mais ouvido do Spotify. Com mais de 3 milhões de ouvintes mensais, Orochi passou nomes como Emicida e Projota na cena. Cria da batalha do tanque, em São Gonçalo, município do Rio de Janeiro, Orochi tem um base de fãs engajada e fiel que já o acompanha nas batalhas desde 2014. Aos 16 anos de idade, venceu o Campeonato Nacional de Freestyle, defendendo a sua cidade em Belo Horizonte, onde foi a grande final. Toda a sua trajetória está disponível em

Emicida chama Jair Bolsonaro de inútil e assassino em Live

Por LUIZ PRISCO Rapper Emicida não poupou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de duras críticas durante sua live, transmitida nesse domingo (10/05), pelo YouTube. o rapper chamou o presidente de assassino, por conta das mortes decorrentes da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. “Quando a gente traz para a realidade do Brasil, a gente vê as atitudes desse inútil que está ocupando o Palácio do Planalto. Aí você pensa, mano: Eleja um assassino e espere um genocídio”, afirmou Emicida. O rapper seguiu suas críticas, lembrando um discurso de Bolsonaro feito em 2017, quando o então pré-candidato disse que um quilombola pesava “sete arrobas”. “O que tem de mais nojento nesse país está representado por esse pensamento. Pensamento de gente que olha pra nós

Rashid lança álbum “Tão Real” completo

Última temporada estreia acompanhada de clipe  da parceria com Emicida e Lukinhas É com a chegada da Terceira Temporada de Tão Real que Rashid inicia o ano. Como que visando o futuro, deixou para encerrar em 2020 o álbum que começou a lançar em 2019, dado o tanto de ideias que envolvem o trabalho, sétimo solo de sua carreira, que foi dividido em três partes e traz, além das músicas, conteúdos extras como documentário, podcast e um site oficial.  Em setembro, quando soltou a Primeira Temporada, já notava-se que este seria um disco muito pessoal, dotado de uma transparência pertinente e necessária em tempos de fake-tudo. Nas letras e também no documentário que acompanha o disco descreveu dores, frustrações e

Emicida e Ibeyi lançam versão acústica de “Hacía El Amor”

No dia 3 de outubro, o rapper brasileiro Emicida e a dupla Franco-cubana Ibeyi se encontram no Rock in Rio para uma performance exclusiva no palco Sunset. Antes do show, os artistas foram ao Red Bull Music Studios em São Paulo para um ensaio e aproveitaram a oportunidade para gravar uma versão acústica de “Hacía El Amor”, com um novo arranjo com trompas e baixo duplo para o single de 2018. O vídeo para a nova versão e o making of da produção pode ser visto exclusivamente em www.redbull.com.br. “Nós compartilhamos a cultura e ancestralidade com o Brasil. E nós sentimos isso tocando aqui”, diz Lisa sobre o encontro com Emicida. “Hacía El Amor” é a primeira música em espanhol gravada