Encontro poético na periferia reúne jornalistas baianos

Sarau da OnçaSarau da Onça celebra Novembro Negro com bate-papo sobre:
“Olhar da mídia sobre a periferia”

Dando continuidade aos encontros do mês onde reafirmamos a nossa identidade e “consciência negra”, oSarau da Onça neste sábado (16) se reúne para além do encontro poético e artístico, debater junto com profissionais da área de comunicação “O olhar da mídia sobre a periferia”.

O bate-papo ficará por conta das jornalistas Arla Coqueiro, chefe de jornalismo da Rede Record Ba, Kátia Borges, editora da Revista Muito (Jornal A Tarde), Sueide Kintê, assessora de Políticas Públicas da Secom e do Coletivo Flores de Dan, além do radialista Dj Branco, do programa Evolução Hip Hop na Rádio Educadora.

Quanto a parte musical ficará por conta do grupo Opanijé e a banda Cabeça de Radiola, que se apresenta pela primeira vez na toca da Onça.

O Coletivo Sarau da Onça, que possui dois anos de existência, é formado por jovens do bairro de Sussuarana, que utilizam da poesia, do rap, dentre outras linguagens artísticas para mostrar que é possível contornar as estatísticas, é possível ser “O Diferencial da Favela”.

Sarau da Onça – Novembro Negro
3ª Noite – “O olhar da mídia sobre a periferia”

Local: Anfiteatro Abdias Nascimento
Endereço: Novo Horizonte (Grande Sussuarana) 59C
Centro Pastoral Afro Padre Heitor (Cenpah) – Prox. A Escola da Providência
Entrada: Gratuita | Microfone Aberto
16/11/2013 às 19H

Sharing is caring!

Deixe uma resposta