Caetano Veloso entrevista Baco Exu do Blues em coluna

Compositor recebe rapper soteropolitano, que lançou recentemente o EP bem recebido pela crítica, “Bluesman”, em bate-papo para o Mídia Ninja

Depois de entrevistar Ciro Gomes, Guilherme Boulos e o ex-Pink Floyd Roger Waters, Caetano Veloso abre sua coluna para o canal do Youtube da Mídia Ninja com o rapper soteropolitano Baco Exu do Blues. A entrevista é o segundo episódio da série de entrevistas de Caetano Veloso com artistas baianos e foi ao ar na última quinta-feira (31) de janeiro.

No bate papo descontraído, o artista baiano, conversa sobre seus discos, suas influências musicais e sobre os avanços no mundo do hip hop. Nas suas rimas e versos, Baco fortalece o debate racial. “Eu sinto o peso da questão racial na forma integral todos os dias. Mesmo sendo maioria, a gente está encurralado pela sociedade branca que tenta diminuir a gente a todo o momento” comenta.

Baco foi questionado sobre o porque dele se considerar o Kanye West da Bahia. “Você se diz o Kanye West da Bahia, e sabe que eu conheci o Kanye West? Ele veio aqui, passou a noite… mas ele é muito diferente de você, meio zangado, cara fechada, meio antipático… muito diferente de você.. eu te conheci na Bahia com esse sorriso, quem me dera o Kanye West ter esse sorriso” Declarou Caetano Veloso.

Baco então respondeu que, ela vê semelhança no fato de Kanye não respeitar a indústria da música.

“Eu sinto muito que no posicionamento dele é algo contra o que a indústria está mandando, a gente ve que tem pessoas que tão criando novas coisas, e tem momentos que essas coisas viram ‘caixinhas’ e as pessoas vão reproduzindo isso até cansar e alguém lançar outra ‘caixinha’ e as pessoas reproduzirem isso novamente.. e o Kanye West não aceita isso, as pessoas estão fazendo uma coisa e ele vai lá e faz outra, ele é um inventor” explica Baco.

Confira a entrevista completa.

Deixe uma resposta