J. Cole reflete sobre gerações de artistas do rap em seu novo single “Middle Child”.

O Real está de volta. J. Cole entrega “Middle Child”, conta como o primeiro lançamento oficial de Cole desde 2013. Lembre-se, ele optou por lançar seus álbuns na íntegra; 2014 Forest Hills Drive, 4 Your Eyez Only e KOD. “Middle Child” é o primeiro trabalho de J. Cole em 2019.

Depois de provocar a faixa nas mídias sociais no início desta semana, o rapper da Carolina do Norte deixa a faixa altamente antecipada. A faixa foi produzida por T-Minus, que trabalhou anteriormente em “Kevin’s Heart” do álbum mais recente de Cole, aclamado KOD de 2018.

Na música, Cole refle sobre sua posição como irmão mais novo da geração anterior de superstars do hip-hop e como irmão mais velho / mentor da geração que vem atrás dele. Entre outras observações, ele A nova música é sobre estar no meio de duas gerações e referenciar as conversas que teve com Drake, JAY-Z, 21 Savage e Kodak Black.

Na canção Cole diz coisas como: “o jogo está desequilibrado” e reflete sobre conversas recentes com Jay-Z, 21 Savage e Kodak Black. O “meio” refere-se ao local onde J. Cole se sente (ideologicamente? Artisticamente?) entre as gerações representadas pela Kodak e Hov.

De acordo com um comunicado de imprensa, Cole está “atualmente no estúdio trabalhando em completar seu sexto álbum de estúdio”.

Há também a possibilidade de que esteja ligado à Revenge of the Dreamers III, que tem sido uma fonte de inspiração para Cole.

Deixe uma resposta