Live 150 BPM com Kevin O Chris – Sábado 02/05

Direto de uma casa, o cantor Kevin O Chris faz neste sábado (02), a partir das 22h, a LIVE #FinalidadeÉFicarEmCasa. Esta será a primeira apresentação do cantor e o motivo é arrecadar doações para os profissionais do show business, afetados pela crise da pandemia. Dono dos principais hits do cenário do funk brasileiro, como ’Evoluiu’ e ’Vamos para a Gaiola’, Kevin promete três horas de baile funk e com muita música para animar a quarentena dos fãs.

A LIVE #FinalidadeÉFicarEmCasa será realizada pela JL Produções, responsável pelos DVD’s de grandes artistas (Leo Santana, Matheus e Kauã e DJ Rennan da Penha) e transmitida pelo @youtubebrasil. A ação é continuação da campanha “O Show Tem Que Continuar”, promovida pela K2L, que segue aberta para doações pelo link www.vaquinhabackstage.com

Kevin O Chris, 22 anos, é o maior nome do funk da atualidade e é a linha de frente do 150 BPM. De cabelo cortado “na régua” e bigodinho fininho, o brasileiro chama atenção de astros internacionais, como Drake e Cardi B. Kevin já entrou para a história ao ser o primeiro funkeiro a se apresentar no Lollapalooza (2019), ao lado do cantor americano Post Malone. O MC se apresentou no MTV Miaw e no Prêmio Multishow e também foi indicado ao MTV Europe Music Awards 2019, na categoria Melhor Artista Brasileiro (ao lado de Anitta, Emicida, Pabllo Vittar e Ludmilla). No digital, o artista é uma avalanche de números e engajamentos. A música “Evoluiu” foi tema do #EvoluiuChallenge. No YouTube, o cantor acumula mais de 500 milhões de acessos. No Spotify, ele alcançou quatro vezes o primeiro lugar do Top Brasil e, claro, também entrou no Top 50 Global. Outro sucesso do artista, “Vamos Pra Gaiola” (participação do DJ FP do Trem Bala), ganhou certificação tripla de platina por ter tido mais de 150 milhões de execuções nas plataformas digitais. Já “Ela É Do Tipo” alcançou o Top 10 Global e o remix da música está na playlist “This is Drake”, no perfil do canadense no Spotify.

Sharing is caring!

Deixe uma resposta