Schnneider encanta e emociona com o mágico EP “Degradê”

Gravado, mixado e masterizado na Outra Vibe Records, Schnneider veio mantendo sua base sonora, mas sofistica arranjos, para faixas delicadas elevando em um degrade para faixas mais pesadas.

As variadas emoções provocadas por cicatrizes orientaram a escolha de repertório do primeiro EP do rapper Schnneider. Degradê chega para o público, em Dezembro deste ano, trazendo 8 faixas numa transição do delicado ao trash.

Após lançamento de vários singles e projetos como o “Cordel Marginal”, esse EP foi um projeto que vinha sendo amadurecido no último ano. Assumindo a direção artística por Lázaro Júnior (Carpe) e produção musical por (HTTP, KERDA L.A, DASH, SATIVO) em seu novo trabalho, Schnneider esteve à frente de todo o processo produtivo, da escolha de repertório até a composição de arranjos.

Para tanto, compartilhou o processo criativo e as decisões com o músico Arthur Miranda, responsável pelas guitarras adicionais . “Mandamos bem no palco e essa química também funcionou no estúdio, enriquecendo o trabalho musicalmente e fortalecendo o conceito que eu queria trazer para o disco”, lembra Schnneider.

Schnneider fez de seu primeiro álbum uma espécie de “amálgama”, que reúne a bagagem musical que a acompanha desde os tempos da batalha da escadaria. Sons diversos que fazem parte de suas influencias como: Cordel do Fogo Encantado, Tyler The Creator, Cancão, Luiz Julião, Janis Joplin, boogarins.

Schnneider

Surpresas

Gostei muito desse álbum, porque se parece comigo: meio rústico, sentimental, intuitivo e acima de tudo verdadeiro. Levou um tempo para eu decidir como queria me expressar, mas rapidamente tudo fluiu de forma muito natural, muito forte”, revela.

As surpresas começam já na primeira faixa, com Schnneider trazendo dois grandes nomes da musica brasileira, Makalister, popularizado pelo seu álbum RETON, a cypher  Poetas no Topo e  seu ultimo álbum “Mal dos Tropikos”, e  BEX do Rio Grande do Norte.

As canções inéditas selecionadas para o EP  estabeleceram com Schnneider relações afetivas, muitas delas à primeira vista. Como é o caso da terceira faixa “Degradê”,  sobre a intimidade entre aqueles que se amam. O rapper também destaca  participações como Gustto integrante da PESQUAD um grade expoente para cena do rap PE e nacional, é  de Schnneider  a autoria de todas  faixas.

Sharing is caring!

Deixe uma resposta