Nunig apresenta álbum de estreia “Bonde do Jaguar”

O álbum que boa parte da cena do rap carioca esperava já está no ar desde domingo (20). Estamos falando do “Bonde do Jaguar”, álbum de estreia do duo carioca Nunig. O álbum é bastante heterogêneo com 12 faixas bem diversificadas em temas e ambientações, com letras muito bem escrita, sendo a grande maioria apresentadas no estilo trap. Bonde do Jaguar trás beats preciosos produzido por grande nomes da cena como: MJ Nichols, Mr.Break, WC, Liink, Jeff beats, RodrigueZ, Flame Alkahest, Neguim Beats, DJ LN, Boricceli Bros. Além disso, as participações foram cuidadosamente escolhidas de uma forma que potencializaram as músicas das quais participam e que tornam o álbum muito atraente e rico. As participações contam com Nectar Gang, Frejat, Menor do Chapa, JacksomMarcão BaixadaGang Leen. Confira o release do álbum.

nunigO Bonde do Jaguar é um Disco que não é novo nem velho. É uma mescla de sonoridade atual, com referências antigas. É um Disco de quem ouviu muito Samba, Rock, Mpb, Funk e não apenas Rap. Ele é grave, bass, marrento, audacioso e classudo ao mesmo tempo. Tentamos unir um som que se aproxima do Trap mas que não é um “trap pobre”, a vivência do Vini e do Toretto e a forma como abordam os assuntos transformam o álbum em algo único. Contando com a primorosa produção de Sérgio Santos, traz coisas impensáveis para o Rap e a Música Brasileira como a parceria com Frejat e Mauro Santa Cecília na canção “Flores e Joias”, o primeiro um dos maiores nomes do Rock nacional e o segundo um dos maiores letristas em atividade, uma parceria com a relíquia do Funk carioca o Mc Menor do Chapa na música “Vida Bandida”. E grandes parceiros do Rap Nacional, alguns mais antigos como o Jacksom, ex Planet Hemp e representante do Rap dos anos 90, e outros expoentes da nova geração como Nectar Gang, Marcão Baixada e GangLeen.

A ideia é abrir os olhos, um Disco feito por pretos em uma qualidade que acostumamos a chamar de “gringa”, mas que a ideia é mostrar que somos capazes sim de fazer algo no mesmo nível dos caras lá de fora. Trazendo uma mixagem impecável, um cuidado com a estética, conversando com outros canais como a moda. O Bonde do Jaguar é apenas o disco de estreia, é um toque inicial para a proposta que o Nunig e o Bonde do Jaguar querem trazer.

Deixe uma resposta