Oficina Cultural Alfredo Volpi oferece debates e oficina gratuitos no mês de junho

O público de todas as idades poderá participar das atividades que abordarão três temáticas: gênero, negritude e bordado

Oficina Cultural Alfredo Volpi preparou, para o mês de junho, três atividades sobre gênero, negritude e bordado. Os debates e a oficina são livres e gratuitos. As Oficinas Culturais são instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciadas pela Poiesis.

No dia 15, sábado, das 16h às 18h, a mesa de debate “A Mulher na Contemporaneidade” tratará de aspectos sociais, culturais e profissionais para falar sobre o lugar da mulher nos dias de hoje. A proposta é analisar como as percepções em relação aos corpos femininos, além de suas sexualidades e suas emoções, afetam a figura da mulher dentro da sociedade que demarca, diariamente, padrões estéticos e preconceitos de gênero. A T.F.Style Cia de Dança tocará a discussão, abordando como todo esse contexto está inserido também nas áreas da dança e das artes. A atividade é aberta ao público.

Já no dia 26, quarta-feira, o Núcleo de Estudos em Corporeidades Negras, projeto da própria Oficina, exibirá a videodança Encruzidança (2018), seguida de debate sobre o tema “Negras-grafias: os ritos afrodiaspóricos são nossas escritas narrativas”, que será às 16h. “Ao passo que o ocidente fundamentou seus conhecimentos em um padrão que valoriza a racionalidade em detrimento das corporeidades, foi através do corpo que os ritos afrodiaspóricos encontraram formas de resiliência e transgressão. A cada rito ressignificado uma nova história foi escrita, a partir das sabedorias do corpo vínculos identitários foram preservados”. A partir dos estudos sobre a Irmandade da Boa Morte e o Culto de Babá Egum, dois ritos mortuários que acontecem na Bahia, o Núcleo concebeu a Encruzidança (2018), dirigida por Kelly Santos, coordenadora do projeto. São oferecidas 10 vagas para atividade, cujos ingressos devem ser retirados no Núcleo Luz – onde acontecerá o evento –, no mesmo dia.

E, encerrando a programação do mês de junho, no dia 27, quinta, acontecerá a oficina “Clube: O fio que nos une”, das 16h às 19h. O Clube nasceu em 2017, a partir da oficina “A escrita como um fio que nos une”, ministrada por Natame Diniz. Desde então, as bordadeiras e os bordadeiros, o tecido, a escrita e as leituras tornaram-se ferramentas para a produção de trabalhos, exposições, afetos e até um grupo de amigos, que desbrava as linhas e suas histórias, mensalmente. Em 2018, o Clube iniciou uma parceria com a Cia. das Letras, para que, a cada dois meses, os integrantes leiam uma obra do catálogo da editora e inspirem-se para a criação dos bordados. A atividade é aberta ao público.

SOBRE A OFICINA CULTURAL ALFREDO VOLPI

Criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, desde 1986 a Oficina Cultural trabalha com a formação de jovens profissionais em diversas áreas como: artes plásticas, dança, fotografia, moda, performance, processos gráficos e teatro.

SOBRE A POIESIS

A Poiesis – Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

SERVIÇO:

Mesa de debate: “A Mulher na Contemporaneidade”

Sábado, 15/6 – das 16h às 18h
Livre, gratuito e aberto ao público
Local: Oficina Cultural Alfredo Volpi

 Exibição e debate: “Encruzidança – Negras-grafias: os ritos afrodiaspóricos são nossas escritas narrativas”

Quarta-feira, 26/5 – às 16h
Vagas: 20
Livre e gratuito
Local: Núcleo Luz

 Oficina: Clube: O fio que nos une”

Quinta-feira, 27/6 – das 16h às 19h
Livre, gratuito e aberto ao público
Local: Oficina Cultural Alfredo Volpi

Oficina Cultural Alfredo Volpi

Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera – São Paulo
Telefone: (11) 2205-5180 | 2056-5028
Funcionamento: de terça a sexta-feira das 10h às 22h, e aos sábados das 10h às 18h
www.oficinasculturais.org.br

Sharing is caring!

Deixe uma resposta