FELIPE RIMA engaja-se com rap na prevenção contra HIV/Aids

Rapper realiza show durante o Dia Mundial de Combate ao HIV, tem música inserida em documentário sobre o tema na MTV e faz show gratuito em Fortaleza

No Dia Mundial de Combate à Aids – 1º de dezembro – , o rapper Felipe Rima faz um show alusivo à prevenção da doença e também comemorativo ao primeiro milhar de CDs vendidos em todo país e também fora dele – na Argentina.

O show acontece no Centro Cultural  Dragão do Mar, na capital do Ceará, Fortaleza, cidade natal do poeta, produtor e educador. E por falar em educação, Felipe Rima vem fazendo um importante trabalho de conscientização em relação ao HIV/Aids.

O evento traz ainda participação do grupo RDF – Relatos de Fortaleza e do projeto Dialogando Olho no Olho.

No encarte do seu primeiro álbum “Entre o Batuque do Coração e a Poesia da Vitória”  Felipe Rima anexou um preservativo, fazendo alusão ao combate às doenças sexualmente transmissíveis. Tal ação, que tem o incentivo da ONG Mundial Ashoka rendeu ao rapper, nesta semana, a notícia de ter a canção “Batuque do Coração” inserida na trilha sonora do documentário “Viralistas”, produzido pela MTV a respeito da Aids no mundo.

O lançamento do documentário acontece hoje também e junto com a banda Arsenal da Rima, Felipe deve fazer 40 concertos em escolas brasileiras para falar sobre a Aids e o trabalho envolvendo o rap e a prevenção. O trabalho tem também a parceria da MTV  e do MAC AIDS FUNDS.

Recentemente o músico esteve em Buenos Aires, na Argentina, onde ministrou e participou de workshops que falam sobre a prevenção e o trabalho que vem sendo feito com a juventude. Por conta disso, entre os países Uruguai, Argentina e Brasil,  recebeu o destaque na parte musical do documentário.

Ainda para este ano o rapper pretende lançar um novo single e em 2012, dar sequencia ao projeto de musicar poesias e trabalhar a prevenção do HIV por meio do rap.

Serviço – O show acontece nesta quinta-feira (1º) às 19h no Centro Cultural Dragão do Mar. Mais informações pelo blog www.feliperima.blogspot.com

Deixe uma resposta