Froid lança álbum “Oxigênio (Corona Disco)” usando a arte como representação do momento atual

O novo projeto conta com participações de Cynthia Luz, Clara Lima, Hot e Oreia, Sampa, Rincon Sapiência e Santzu Chega nesta sexta-feira (22) às plataformas digitais, "Oxigênio (Corona Disco)", o novo álbum de Froid. O novo projeto é o 7º disco da carreira do artista, incluindo participações de grandes nomes do rap nacional, como Cynthia Luz, Clara Lima, Hot e Oreia, Sampa, Rincon Sapiência e Santzu.  "Não é uma piada sobre o coronavírus. Os assuntos não são sobre o vírus, isso é só o nome da fase que estamos vivendo. Eu criei o conteúdo a fim de ocupar, de alguma forma, as pessoas em quarentena, e também usar a arte pra fazer o registro do momento", declara o cantor. O rapper participou de

Com “Paralisou”, Cynthia Luz inicia nova fase

A faixa conta com produção de Froid Chega às plataformas digitais nesta sexta-feira (24), "Paralisou", o novo single de Cynthia Luz. A faixa dá início à nova fase da cantora, que antecede o lançamento de um novo álbum, com previsão para o segundo semestre deste ano. Ouça "Paralisou" Com um beat introspectivo e recheado de sensibilidade, "Paralisou" foi produzida por Froid. A faixa carrega uma letra que relata quando o sentimento transborda para dentro de si, a canção certa para momentos de reflexão que estamos vivendo. Cynthia é natural de Itajubá (MG) e acumula mais de 106 milhões de visualizações em seu canal no YouTube e cerca de 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify, com sucessos como "Me Negaram Amor", em parceria com

Confira Froid & Chris MC juntos no clipe ‘São Paulo do Rio de Janeiro’

Por Nícolas Barbosa   PineappleStormTv, mais uma vez, com produção impecável. A faixa "São Paulo do Rio de Janeiro," dirigida por Gabriel Solano, lançada nessa última sexta feira 17/04, com os rappers Froid e Chris.   Froid, como sempre, usando referência a filmes e séries como Blindspot (Ponto cego), mostrando que não existe ponto cego em nossas vidas.   O Rapper  fala que, não se deve mexer com o reino de um leão que se encontra quieto. Desde já faz referência a grande rivalidade entre Rio e São Paulo, deixa claro que o Rio de Janeiro é apenas um estado.    Nessa nova faixa o rapper fala do amor de Jesus, que poderia ser entregue de forma simples, porém o ser humano prefere mandar um míssil ou seja

Poetas no Topo renasce com Froid, Luccas Carlos, Cesar Mc, Chris, Dk47, Cynthia Luz e Xamã

Por Gustavo Caliban No dia 27/03 em plena quarentena a Pineapple lançou mais um poetas no topo, que em menos de 2 dias já está encostando no primeiro milhão de views. O time desta vez conta com Froid na linha de frente que além de amassar com um papo reto sobre maturidade e responsabilidades da vida adulta emplacou mais um beat brabo com uma pegada boombap new school e passou logo a bola pro Luccas Carlos fazer as honras, ele deslizou na ideia ao invés de ficar apenas com um refrão ou ponte como em muitas vezes e seguiu sua atuação sempre contracenando com o primeiro rapper. Em seguida o beat vira e a locação do clipe muda também, desta vez quem

Froid lança novo single “Faz Fila (Freestyle)”

A faixa é a primeira do EP “Nesse Álbum Eu o Copiei” Chegou às plataformas digitais na última sexta-feira (06), “Faz Fila (Freestyle)”, o novo hit do cantor Froid. O rapper participou de diversas batalhas na Praça do Relógio, na UnB e no Museu da República, mas foi em 2017, com “O Pior Disco do Ano”, que seu trabalho ganhou visibilidade nacional. Em suas vivências pelos cantos da cidade, ele reuniu diferentes conceitos baseados em críticas sociais e seus pontos de vista sobre a vida e a existência em si. Ouça “Faz Fila (Freestyle)” A negritude e a ascensão das dificuldades financeiras à estabilidade trazida pelo rap permeiam sobre a poesia de suas composições. Filosófico, autêntico e visionário, Froid é um

Confira Froid & Cynthia Luz juntos na linda “Mô-zaico”.

Por Gustavo Silveira, a.k.a, Caliban. No dia 17/02/2020, o casal mais badalado do rap nacional lançou mais uma pérola na cena! “Mô-zaico” teve produção executiva da Pineapple e produção musical do próprio Froid, o que foi uma surpresa bastante agradável, já que aos poucos ele vem voltando a lançar seus beats próprios, sempre contundentes e geralmente numa pegada boombap. Este veio acompanhado de um violão tocado por Léo  Brito, que deixou a vibe leve para o rapper versar sobre a mudança que sua vida tem dado depois que seu corre virou um sucesso. As linhas preenchem a primeira etapa da música e levam em conta seu trampo firme e a colheita dos frutos que ele plantou de forma extremamente harmônica com