Chave Mestra lança clipe retratando os corres do dia-a-dia do trabalhador suburbano

Retomada as novas produções no início de 2018, o grupo Chave Mestra lançou vários singles, divulgados em plataformas digitais. E fruto desses singles, nasceu “O Corre” música do mais novo videoclipe da Chave Mestra. O clipe é uma produção em parceria da Chave Mestra, Safira Green e a Subverso Lab, no formato de um curta-metragem, é dirigido e roteirizado por Júlio Fonseca e Zaca de Chagas como co-roteirista, com produção musical de Carl Morais. Ambientado no bairro do Totó, retrata os corres do dia-a-dia do trabalhador suburbano e suas caras, cores e lutas. Com uma proposta de retratar um dia de trabalho de um dos moradores de lá, o clipe e a música querem mostrar para sociedade, de uma forma elegante e descontraída, assim como seu personagem principal, o trabalho duro e a luta dos moradores que também trabalham na comunidade. Nesse movimento interno da comunidade, onde se destacam a parceria, a amizade, a solidariedade, o sorriso e a luta das comunidades e dos seus indivíduos, fazendo com que a ela seja um grande movimento vivo. A comunidade não para. Ela existe e resiste.  
 
A Chave Mestra é um grupo pernambucano de rap, criado em 2009 no município de Paulista, região metropolitana do Recife. Fundada pelos rappers Aton e Diomedes Chinaski. A Chave Mestra aparece na cena do movimento hip hop em Pernambuco alcançando um espaço significativo dentro desse meio cultural. Dividindo palco com vários artistas locais e artistas de outras localidades com dimensão nacional, tais como: ConeCrew, Cacife Clandestino, Costa Gold, Gutierrez, PrimeiraMente, Baco Exu do Blues, entre outros. O grupo tem como discurso, lema, luta e saber nas suas letras, temas como o racismo, a violência, a desigualdade social, o preconceito e o cotidiano social e cultural das minorias. Hoje, a Chave Mestra é composta pelos rappers Diomedes Chinaski, Aton, Zaca de Chagas, Moral e Honorato, produzidos por Line Vital e pelo selo Safira Green, do produtor musical e beatmaker Carl Morais.
 
 
 

Deixe uma resposta