Em documentário AtRiskInRio, ativista Raull Santiago fala sobre violações de direitos durante o período da Olimpíada

Campanha da instituição internacional Front Line Defenders que chama atenção para o aumento do extermínio, violações de direitos diversos e perseguição a defensores e defensoras dos Direitos Humanos, de pobres e negros da favela, durante o período da Olimpíada no Rio de janeiro.

O Brasil atualmente é o país número 1 em execução de defensores e defensoras de Direitos Humanos, isso precisa de um basta!

Deixe uma resposta