Doutor…Você Vai Morrer! – Filme conta a história do jovem após passar pelo sistema carcerário

Por Denise Bergamo da Rosa

E a cada dia se torna mais evidente o domínio da periferia em todos os nichos de produção cultural, o Polifonia Periférica destaca hoje a sétima arte.

Andrio Candido & Rodrigo Souza & Souza produzem junto ao grande grupo de coletivos periféricos da zona leste da cidade de São Paulo, entre eles, “Mundo em foco” e “Marginaliaria”, assim como está nas explicações do trailer que pode ser visto no endereço do youtube: http://www.youtube.com/watch?v=kZ7n_tvIZvw&feature=youtu.be o longa metragem “Doutor: Você vai morrer!”.

O projeto do filme foi contemplado pelo “Projeto de Iniciativa de Valorização Cultural” (VAI) deste ano. O que chama a atenção neste caso é que “não é de hoje”  a junção dos coletivos na atuação conjunta e organizada em busca de um mesmo objetivo: A arte.

No ano passado os saraus de periferia se reuniram para apresentar um só projeto para o PROAC (Edital de fomento a cultura do Estado de São Paulo), angariando, sem sombras de dúvida, o edital. O projeto consistia em levar cada sarau para o programa de rádio comunitária do fundão do Ipiranga.

Disponibilizamos a sinopse.

Agradecimentos ao companheiro Maurício de Moraes Noronha

SINOPSE

“Doutor você vai morrer” conta a história do jovem KPG, que tenta reconstruir sua vida após passar pelo sistema carcerário juvenil de São Paulo (Fundação Casa). Ao retornar para casa encontra seu bairro completamente diferente, em meio a uma agitação por conta das atividades culturais que passaram a acontecer no período em que KPG ficou recluso. Ao se apaixonar por uma garota que conheceu no exercício de seu novo trabalho, uma moça de classe social e étnica diferente da sua, o mesmo decide botar um ponto final em assuntos mal resolvidos de seu passado. Ele planeja e executa o sequestro de um promotor de justiça. A partir daí, dá-se inicio a sua saga pela reconquista do seu passado e organização do seu presente. E com isso interfere no futuro de todos ao seu redor.

Denise Bergamo é habilitada em literatura portuguesa, trabalha na Secretaria de Educação de São Paulo e é colaboradora do Polifonia Periférica

Confira o trailer do filme

Deixe uma resposta