Dicas de Discos #1: Dois mashups incríveis de Wu Tang Clan (The Beatles e Fugazi)

Dicas de discos

Olá leitor do Polifonia Periférica!

 

Esse é o primeiro post da coluna Dicas de Discos. Sou a Issa Paz, Mc, compositora, escritora, designer e completamente apaixonada por música. Quero agradecer ao grande Rociclei Silva por conceder esse espaço!

Como esse post é uma estréia, nada melhor para começar do que Wu Tang Clan. Você provavelmente conhece a incrível e pesadíssima discografia de Wu Tang, já deve ter se deliciado com faixas como Protect Ya Neck, Shame on a Nigga, Shimmy Shimmy Ya e C.R.E.AM, são clássicos do clássico.

Hoje existem milhões de mashups com os grandes mestres do RAP norte americano, e porque não dizer mundial. Mas dois deles me chamaram muito a atenção.

Quem nunca ouviu The Beatles? São monstros do Rock. Então o produtor inglês Tom Caruana teve a fantástica ideia de juntar dois monstros, um do RAP e outro do ROCK. Nasceu assim o Album Enter the Magical Mystery Chambers.

As faixas foram muito bem concebidas, com gravações de entrevistas dos beatles em cada uma, carregada de propriedades que ligam os dois grupos. Dá até pra pensar que houve uma inspiração do Wu Tang nos Beatles para a concepção de seus sons.

Ouça uma faixa do álbum:

O disco ficou tão bom, que até o próprio Raekon distribuiu elogios em seu Twitter para o trampo do Don Caruana.

Você pode ouvir o disco completo baixando aqui.
Outra grande junção foi a da banda punk norte americana Fugazi. Os produtores Cecil Otter e Swiss Andy pagaram pelos direitos das músicas e criaram a obra de arte 13 Chambers. (Mistura dos albuns 13 songsEnter The Wu-Tang 36 Chambers).

O que parece ser uma grande bruxaria resultou numa mixtape, ao meu ver, sensacional! As faixas foram todas meticulosamente selecionadas e parecem encaixar-se perfeitamente. Wugazi, foi bem mais além do que apenas um projeto bem sucedido e se tornou referencia em produção musical e Mashup.

Se liga nisso:

É claro que alguns sons do Wu Tang são irrecriaveis, e somente o original se dá por aceito. É o caso da faixa Shimmy Shimmy Ya do ODB, não tem como, nenhum mashup vai superar a originalidade da mesma. Mas para se ouvir mashups é necessário que sua mente esteja completamente aberta ao novo.

Enfim, para ouvir sem preconceito o disco inteiro do Wugazi, baixe aqui.
Espero que tenham gostado desse primeiro post dos muitos que virão, e se você tiver algum disco para me indicar fale comigo pelo Facebook. Aceito criticas construtivas e elogios também!

E lembre-se: o melhor remédio contra musica ruim, é divulgar música boa.

Paz a Todos!
#Ficaodisco

Deixe uma resposta