Polifonia Periférica faz um ano de vida e recebe homenagem do repper FIELL

Há um ano (dia 27/07/2011) iniciávamos um trabalho que foi intitulado Polifonia Periférica que tinha como objetivo mostrar  o que as periferias do Brasil vêm criando e produzindo. Mostrar as inovações sociais e culturais, mas também mostrar às lutas, as resistências, as mobilizações, sem esquecer as injustiças e de denunciá-las.

Em um ano conquistamos nosso espaço e recebemos o reconhecimento de companheiros de todas as partes do Brasil e do mundo. Atravessamos o oceano e hoje somos uma referência na Angola e em Portugal. Foram quase 20.000 acessos de todos os lugares do Brasil e do mundo. Enfim, o Polifonia Periférica não tem fronteiras, limites, sotaque, cor ou sexo. Somos  o comum, o respeito às diferenças.

Agradecemos a todos aqueles que acreditaram e acreditam no trabalho e na proposta de que a periferia é vida, arte, cultura e afeto. Obrigado a todos que abraçaram a ideia e de alguma forma contribuíram e contribuem até hoje. E tenham certeza que é apenas o começo de algo muito maior que ainda está por vir.  Vida longa ao Polifonia Periférica !!

Deixamos aqui a mensagem do amigo e companheiro de luta Repper Fiell que desde o início acreditou em nosso trabalho e carinhosamente deixa sua mensagem para registrar a data de nosso aniversário.

Curtam nossa página no facebook:

http://www.facebook.com/pages/Polifonia-Perif%C3%A9rica/106814499420864

Deixe uma resposta