COMUNIDADE SÃO REMO: UM UNIVERSO PARALELO

Por Denise Bergamo

No último sábado (20/07/2012), a comunidade São Remo recebeu a “Tarde cultural” organizada por Ingrid Magnativa e Isabel Antunes do Manancial de interligação de projetos (MISC), junto à associação de bairro do próprio local.

Nesta tarde de intervenções culturais, o sarau “NAVOZ, A VEZ” fez sua participação convidando a comunidade e os demais ativistas culturais presentes para o seu sarau de “reinauguração da sede da associação do bairro” que está em reforma.

Uma tarde de muita confraternização e paz. Antes das apresentações e falas, percorri a comunidade, entrei em suas ruas estreitas, com toda a sua diversidade, a igreja batista e mais a frente o bar com o funk, toda essa mistura que faz da comunidade surpreendentemente brasileira.

Próximo a associação de bairro há uma ONG “Projeto Alavanca Brasil” Organizado e administrado por alemães, com auxílio dos moradores e um circo escola, que segundo os moradores é um “aparelho”, ou seja, um projeto com parceria do governo e instituições privadas, o curioso disso é que essa comunidade fica atrás da Universidade de São Paulo (USP), ao perguntar para um dos ativistas que residem na São Remo se a universidade tem projetos dentro da comunidade recebi uma negativa. Insisti e perguntei se há universitários da comunidade na USP, a resposta foi: “Poucos”.

Em diálogo com os organizadores do sarau, tomei a ciência das dificuldades que eles possuem para fazer e manter o sarau, passando de bares em bares para que seja realizado, que em contrapartida, tem um bom público, que como a comunidade, é bem heterogênea, tornando o sarau algo único. Sarau que aniversaria em outubro, completando um ano de existência.

Na São remo o fantasma do progresso já chegou. Há rumores que haverá desocupação da área para a expansão da universidade. Enfim uma intervenção da Universidade de São Paulo para com a comunidade, que vive literalmente atrás da universidade, á parte, em um universo paralelo.

Para conhecer mais o MINC acesse o link abaixo

https://www.facebook.com/MiscManancialDeInterligacaoSocialECultural

 Denise Bergamo é habilitada em literatura portuguesa, trabalha na Secretaria de Educação de São Paulo e é colaboradora do Polifonia Periférica

One thought on “COMUNIDADE SÃO REMO: UM UNIVERSO PARALELO

  1. A favela São Remo, é constituída de gente guerreira e muito inteligente. Tive a honra de conhecer os membros da associação de moradores na minha passagem por SP, em Junho de 2012.

    Grande abraço a todos os moradores e para helena, da Luta Popular, que me levou na reunião dos moradores na São remo.

    Bela Matéria do meu parceiro: Carlos Calos, para a TVT.

    Tô fechado com vocês.

    Repper Fiell.

Deixe uma resposta