HALETE MC – Uma força feminina do rap Angolano

Natural da cidade de Luanda, Halete teve seu contato com o rap de forma muito prematura por influência do pai. Com apenas oito anos de idade ouviu Fat Joe no DVD que seu pai comprou  e proporcionou seu primeiro contato com o rap. Aos nove anos de idade com o lançamento do negocio fechado do grupo Calibrados, decoravas e cantava as musicas do grupo para seus pais e irmãos.

Com treze anos, por intermédio de seu irmão Yanick, conheceu trabalhos de rappers como lil wayne, birdman, cage one, raptille entre outros que influenciaram não só na sua forma de pensar, mas também de se vestir e agir. Começa a surgir uma mini rapper no cenário rap de Luanda.

Em 2011, já com 14 anos, começou a escrever suas primeiras letras. Apesar de muitas letras dessa época não terem sido aproveitadas, o importante é que fizeram parte de um processo de amadurecimento e evolução que se concretiza hoje. O contato com o rap underground mudou sua forma de pensar e influenciando diretamente em seu trabalho.

Em meados de 2001 conheceu o rapper Alkappa que lhe deu apoio e incentivo. O resultado foi a bela letra “Exato e Errado” que marca seu estágio de amadurecimento no rap com letras políticas que buscam levar a reflexão todos aqueles que ouvirem seu trabalho. No mês de dezembro do mesmo ano gravou sua primeira música com a participação do rapper Alkappa.

Mais informações: http://www.facebook.com/Haletemc

Blog oficial: http://www.reverbnation.com/haletemc

Confira o trabalho da pequena, sensivel e talentosa Halete MC na música “É Triste” com participação especial de Alkappa.

One thought on “HALETE MC – Uma força feminina do rap Angolano

  1. pois é! é triste. é não perceber que ela tem muito a dar no movimente, é um fruto que vai amadurecer muito bem.

Deixe uma resposta